terça-feira, 26 de fevereiro de 2008

Pérolas


Campelo, 2008

Desafiando a gravidade...
As pérolas sempre se auto-sustentam!

Onde quer que elas pairem.
No sobre verde de arbustos chovidos.
Ou no sobre peito de mulher engalanada!

5 comentários:

catarina disse...

Parabens, Jota, pelas primeiras 1000 visitas!
Aproveito para deixar aqui o meu obrigada, por cada pedacinho que tira do seu tempo, para manter este espaço vivo!...
Nao nos conhecemos, mas acredito, que nao so por prazer seu, mas tambem para fazer crescer alguns e matar a solidao de outros, tem partilhado aqui "Perolas desafiando" cada um que por aqui passa, a melhor entender as formas...as sombras...com luz ..com cor...
Bem Haja!...
:)
catarina

fernanda disse...

Muito linda esta foto!
Parabéns.

São disse...

Maravilha!

Teresa disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Teresa disse...

Ainda assim há pérolas sobreviventes nos profundos oceanos e, se alguém as encontra, são braços e mãos, olhares de esfericidade e brancura, que cativam pela raridade. Assim são os teus olhares. Sabemos lá nós porquê!