quinta-feira, 5 de junho de 2008

Pérolas


Famalicão, 2008

Antes que o dono da luz lhe roube os brilhos,
Leves e singelos véus de prata e graça...
Resistem às aragens matinais e revelam-se,
Em exibicionismos breves, a olhares madrugadores.

2 comentários:

Anónimo disse...

Um sonho....
Para alem da "teia" delicada e tranparente o fundo cheio de magia e misterio...

Perola(s) mesmo!!!!!!!!!
Parabens...
:)
catarina

Daniela disse...

elementos de Matemática:
centro
rotação
círculos
rectângulos