domingo, 25 de abril de 2010

Como Cravo de Abril

Sejas de Aliste (Zamora - Espanha) 2010

_
Minha missão não é prender,
É cuidar para libertar!
Mas como Cravo de Abril,
Também meu destino tem hora!

3 comentários:

Vivian disse...

...não seria a receita perfeita
do amor,
amar sem aprisionar?

beijo, querido mestre!

Abelhón disse...

Arreganha-se cul canto de la checharra na praineira alistana que acuolhe de buona gana la semiente de cada xara. I pal anho outro cuidar i más sembrar.

Abelhón disse...

Arreganha-se cul canto de la checharra na praineira alistana que acuolhe de buona gana la semiente de cada xara. I pal anho, outro cuidar i más sembrar.