quarta-feira, 12 de dezembro de 2007


Famalicão, Novembro de 2007

Bem pouco importa o obstáculo...
Seja cordão, muralha ou mar.

Quando o que vale...
Mesmo!
É o supremo gozo,
De o sentir transposto.

2 comentários:

catarina disse...

Altamente esta fotografia!....
seria na verdade um desperdicio manter estas imagens na gaveta e nao as partilhar com o mundo...Pelo que fazem ver...sentir.. e ate mesmo sonhar...querer!...

Daniela disse...

elementos de Matemática:
paralelogramos no chão